Video - Renda Variável - Eventos Societários



Ficou mais claro, não?
Didática é essencial para entender as partes mais complexas do material das provas da ANBIMA. Parte de previdencia é um dos grandes 'fantasmas' da prova.



Certificado na mão em 15 dias?
O professor Tiago transformou essa necessidade das pessoas em das metas de seus cursos. Se ainda precise 'testar' mais um pouco a simplicidade com que ele traduz os tópicos da prova, clique no link ao lado para ver outros videos (Canal do Youtube).

Para conhecer a estrutura que pode lhe ajudar a acelerar sua carreira, basta clicar na imagem abaixo:
Link para o  curso CPA 20








Artigo - A melhor forma de obter autodisciplina



Com certeza você já ouviu conselhos como “se você não tem disciplina, não tem êxito”, “o segredo do triunfo é não ter preguiça e acordar às 5h da manhã” ou “pessoas bem-sucedidas praticam esportes todos os dias”. Hoje, existe uma infinidade de discursos prontos com a fórmula do sucesso nos incentivando a agir como robôs para conquistar a autodisciplina. A verdade, no entanto, é que para obtê-la é preciso conhecer a si mesmo e entender as melhores tarefas são aquelas que você é capaz de realizar.

Se você não consegue acordar às 5h, acorde às 8h. Se você não gosta de ir à academia, faça yoga, meditação ou qualquer outra coisa. O grande problema das pessoas tem sido o esforço excessivo que elas fazem para se adaptar a uma realidade da qual não gostam. A famosa expressão “no pain, no gain” (“sem dor, sem ganho”) dos americanos é uma grande besteira.

Eu, por exemplo, construí o hábito de reservar 15 minutos das minhas manhãs para fazer algum curso, ler ou aprender alguma coisa online. Lembro que, no princípio, um importante empresário me disse que eu precisava destinar pelo menos uma hora para isso. Ele é um homem respeitável e eu reconheço a importância do aprendizado; mas, para mim, aquilo não funcionava. Faço do jeito que dá certo para mim.

Não se comporte como um robô. Entenda quais são as coisas que te levam ao ganho sem precisar, necessariamente, “sentir dor”. Adapte as tarefas às suas preferências, habilidades e possibilidades. Uma dica para isso: quando escolher uma atividade, execute-a por pelo menos 30 dias para entender se você vai se adaptar a ela ou não. Quando você diz que pretende destinar um tempo para leitura diária, por exemplo, fica bastante motivado nos 5 primeiros dias, mas depois a tarefa “perde a graça” e você começa a pensar em desistir. E se você supera a “fase da desistência”, a atividade em questão passa a parecer mais leve, mais natural. Essa é, sem dúvida, a melhor forma de exercitar a autodisciplina.

Administre seu tempo para usá-lo da forma que for melhor para você. Ande mais e corra menos. Quem corre muito não aproveita a vida e não consegue organizar seu tempo de forma inteligente.


Fonte: portal Adm









Mais 5 Livros para melhorar sua visão de finanças

Clique sobre a imagem a frente do livro para ler uma demonstração: 


CRASH – Uma breve história da economia: Da Grécia Antiga ao Século XXI – Alexandre Versignassi
Em um livro envolvente e de fácil leitura, Alexandre Versignassi nos conta a história do dinheiro, desde a época de puro escambo / trocas, seguido da aceitação de certas mercadorias como moeda de troca (sal e cigarros), o padrão-ouro, chegando finalmente a moeda escritural, na qual a nota que você tem na carteira não está lastreada em nenhum metal precioso ou mercadoria, e sim, em última instância, na confiança da própria robustez da economia do país emissor.
O autor volta até a Grécia Antiga e evolui no tempo mostrando a tara dos governos por uma conhecida forma de financiamento: a impressão de moeda e a sua consequência nefasta, a inflação. Os governos brasileiros eram campeões no uso da impressora. A hiperinflação de década de 80 e começo de 90 não caiu do céu. E mostra como as crises especulativas tem muito a ver com a abundância de dinheiro circulando e com uma considerável irracionalidade dos investidores, como nos casos da febre das Tulipas na Holanda no Século XVII ou na farra das ferrovias na Inglaterra, já no Século XIX. Qualquer semelhança com a situação atual com a bolsa americana em máximas históricas pode não ser mera coincidência.




Trópicos Utópicos – Eduardo Giannetti
Uma espécie de apanhado de divagações do cientista social e economista, o livro trata desde questões de cunho histórico-filosófico como a proximidade de política e religião ao longo dos séculos, quanto de tecnicalidades do debate econômico atual como padrões de desenvolvimento e sustentabilidade. De leitura leve apesar da densidade dos assuntos, o livro traz um olhar diferente ao indagar o que devemos desejar e esperar do Brasil como economia e país de incrível multiplicidade étnica e cultural.













A Ascensão do Dinheiro: A História Financeira do Mundo – Niall Ferguson
Professor de Harvard, o influente historiador Niall Ferguson traça em A Ascensão do Dinheiro um abrangente panorama da evolução do dinheiro e do crédito. A tese central é de que não poderia ter havido desenvolvimento econômico sem o surgimento de meios de troca e a progressiva sofisticação dos sistemas financeiros.
Ferguson começa sua instigante argumentação explicando como a moeda apareceu na Mesopotâmia e então avança pela história da civilização, passando pela Florença dos Medici, pela primeira Bolsa de Valores, em Amsterdã, pela exploração do ouro nas Américas e por outros inúmeros pontos-chave na trajetória da economia financeira, até chegar à crise de 2008. No caminho, versa sobre a carreira de figuras centrais como Mayer Rothschild, John Law e George Soros. A leitura é agradável, mas requer familiaridade com conceitos básicos de macroeconomia ou pode servir de poderoso incentivo para aquisição destes conhecimentos.



As Leis Secretas da Economia, Revisitando Roberto Campos e as Leias de Kafta – Gustavo Franco
O livro é um convite à visão de mundo do mais jovem presidente do Banco Central da nossa história, Gustavo Franco. Dotado de seu humor, ironia e genialidade usuais, o livro trata de todas as “leis” que o economista julga necessárias para o entendimento do nosso país tropical, passando por conceitos de macroeconomia, papel do banco central, questões sobre mercado financeiro, finanças públicas e política.
A obra é uma homenagem aos saudosos Roberto Campos e Alexandre Kafka, dois grandes expoentes do pensamento econômico brasileiro, e busca resgatar a visão liberal defendida em uma época em que o Brasil estava em formação. Franco aborda a nossa falta de racionalidade econômica, o peso do Estado no Brasil e as inúmeras jabuticabas dão conta de explicar uma série de questões “exóticas” que vemos por aqui. Um prato cheio para jovens estudantes e interessados no assunto.




Quando Roubar um Banco – Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner
Dos mesmos autores da saga Freakonomics, o livro apresenta diversas histórias de como a vida real acaba tendo mais sentido econômico do que imaginamos. Uma leitura leve, que demanda um breve conhecimento de economia para compreender mais a fundo os conceitos apresentados, mas agrada mesmo quem não dispõe deste background. São levantados debates de diversas naturezas, como o porquê de comissários de bordo não aceitarem gorjetas, a melhor forma para reduzir os homicídios por armas de fogo, ou sobre os tópicos que as pessoas mais mentem. Embora nem todos os temas tenham conclusões encaminhadas, a grande mensagem do livro é que a ótica econômica pode visualizar mais situações do que imaginamos.


Fonte: Guide







Video - Um papo sobre inflação





Oportunidade Dica de Hoje
O vídeo acima é do analista certificado CNPI Daniel Nigri, que tem o portal Dica de Hoje, portal que trata economia e o investimento em ações. A analise do orçamento foi criada como parte de uma rotina de analises econômicas semanais.

Alem do portal com artigos e videos gratuitos, o Daniel disponibiliza um serviço de analise de empresas da bolsa chamado 'membros Gold'. Assinando esse serviço o investidor terá acesso a relatórios e carteiras recomendadas
Facilita muito para quem quer investir em boas empresas no perfil fundamentalista e está inseguro sobre suas analises. Acompanhando os relatórios e videos da área de membros é possível aprender o método utilizado e criar suas próprias analises. 


Para saber mais sobre esse serviço basta clicar na imagem abaixo:



Desconto exclusivo
O Daniel disponibilizou um desconto agressivo para visitantes desse blog que efetuarem a assinatura anual do serviço Gold. Para ter acesso desconto clique AQUI








Video - Renda Fixa - CRI e CRA (CPA 20 e CEA)





Ficou mais claro, não?
Didática é essencial para entender as partes mais complexas do material das provas da ANBIMA. Parte de previdencia é um dos grandes 'fantasmas' da prova.



Certificado na mão em 15 dias?
O professor Tiago transformou essa necessidade das pessoas em das metas de seus cursos. Se ainda precise 'testar' mais um pouco a simplicidade com que ele traduz os tópicos da prova, clique no link ao lado para ver outros videos (Canal do Youtube).

Para conhecer a estrutura que pode lhe ajudar a acelerar sua carreira, basta clicar na imagem abaixo:
Link para o
 curso CPA 20


Aprendendo e ensinando com mais 69 mil pessoas?
Venha fazer parte do grupo de estudo sobre renda fixa e tesouro direto. Um grupo no facebook que mescla quem está querendo aprender a investir melhor com voluntários que já investem e querem ajudar as pessoas a não cometerem os mesmos erros.
Ensinar o que sabemos, mesmo quando ainda consideramos pouco, é uma forma de agilizar o aprendizado pois muitas vezes surgem dúvidas mais criativas que as nossas. Só clicar na figura: 




Tem um desse ai para renda variável?
Opa, tem também e já tem 29 mil pessoas. Tem material para atender a todas as formas de operar, dos fundamentalistas aos grafistas. Sem propagandas ou tópicos a cada noticia do mercado, as postagens são exclusivamente sobre estudos ou dúvidas do pessoal sobre o tema. Venha nos ajudar com o que já sabe ou tirar suas dúvidas, basta clicar na figura:





Artigo - Conselho profissional que você receberá tarde demais




1. Questione-se quando falhar (e quando acertar também)
Autor de mais de 80 livros, incluindo o best-seller Leading Through Uncertainty, Peter Economy acredita que cada novo dia é uma chance de fazer uma autocrítica. Mas não confunda autocrítica com autodepreciação. Aqui se trata de fazer a si mesmo algumas perguntas:

1.1 O que eu fiz de bom quando as coisas não saíram tão bem? Em vez de se chatear com suas falhas, tente algo a que você não está acostumado(a): lembrar seus acertos.

1.2 Por que não foi como eu esperava? Evite culpar outras pessoas pelo seu resultado, a não ser que você tenha sido de fato prejudicado(a).

1.3 Como eu poderia ter chegado mais perto do meu objetivo? Pense em pequenas atitudes que poderiam ter contribuído.

1.4 Quais foram as duas coisas de que eu mais gostei? O motivo pelo qual você se sentiu bem e mal na ocasião revela o que é importante, que você talvez nunca tenha reparado.

1.5 Qual foi a maior perda de tempo? Você adiou o máximo que pôde para fazer o que devia? O que te incomodava tanto?

2. Faça bem-feito e para você
E não para agradar alguém, para ouvir elogios sobre como você é uma pessoa de talento, para massagear seu ego. Isso te torna dependente da aprovação constante e, na falta, você se sentirá derrubado(a), como um(a) impostor(a) que nunca foi de fato admirável. Quer você goste ou não do seu emprego, faça bem-feito e faça para você, seguindo critérios e padrões de qualidade que você esperaria caso fosse seu chefe.

3. Aprenda a se comunicar melhor
A dificuldade para se comunicar de forma clara cria diversos desentendimentos, enquanto uma boa retórica pode facilmente ser a solução em muitos conflitos, de acordo com Caren Merrick, fundadora e CEO da Pocket Mentor, uma consultoria de carreiras. Ela indica que você tente de tudo: YouTube, textos, cursos online, workshops, ou livros – o que preferir.

Se decidir começar já, temos dois posts nossos para indicar: 5 passos para se comunicar melhor e Os segredos da comunicação de Jobs e Luther King. Se seu problema é com a escrita, pare de tratá-lo como um pormenor, e escreva um pouco todos os dias sobre o que você gosta. Algum tempo você sempre terá. A capacidade de se comunicar bem pode te tornar referência em seu meio, em alternativa a alguém igualmente capaz, mas que se expressa de forma confusa.

4. Deixe um lugar melhor do que era quando você entrou
Este conselho começa com as pequenas coisas, como arrumar e limpar um lugar que você visitou, até construir um legado, como iniciar grandes transformações em uma empresa. Keri Burns, conselheira de carreiras da University of West Georgia, conta que sempre que ela mudou de emprego ou assumiu um novo cargo, sua meta era deixar algum impacto positivo, como a mudança de processos. Não é preciso ser muito ambicioso logo de cara. Acima de tudo, “eu sempre quero que meu envolvimento, em qualquer posição que ocupe, faça alguma diferença”, conclui.

5. Encontre um(a) mentor(a)
Tenha alguém para indicar o tipo de atividade que você deve se focar para acelerar seu crescimento profissional. Essa pessoa pode ser um(a) coach, um(a) ex-professor(a) da faculdade ou um(a) especialista com quem você fez um curso. Enfim, alguém com muita experiência em sua área de atuação, ou que trilhou uma carreira que você deseja. Importante também é que você não vá na contramão dessa ajuda, alinhando-se com pessoas que prejudicam seu desempenho, tiram seu foco ou te convencendo a ir contra o que você acredita.

Em vez disso, tenha consciência de como suas amizades influenciam sua vida. O The Longevity Project, que estudou mais de mil pessoas durante toda a vida, descobriu que desenvolvemos os hábitos alimentares, de cuidado com a saúde e até mesmo as aspirações de carreira daqueles ao nosso redor. “Se você está num grupo de pessoas que têm metas realmente altas, você vai acabar tomando para si o mesmo nível de seriedade.” Em suma, comece a se cercar mais de pessoas que, em algum aspecto, você quer ser.

Fonte: RunRunIt








Oportunidade Dica de Hoje
Tem vontade de começar na bolsa mas nao sabe por onde? Ou tem amigos/clientes que precisam de um apoio para começar? Assine os relatórios do Dica de Hoje7 (analista CNPI Daniel Nigri) e aprenda 'value investing' na pratica. Tenha carteira de exemplo e aprenda a escolher os ativos


Alem do portal com artigos e videos gratuitos, o Daniel disponibiliza um serviço de analise de empresas da bolsa chamado 'membros Gold'. Assinando esse serviço o investidor terá acesso a relatórios e carteiras recomendadas
Facilita muito para quem quer investir em boas empresas no perfil fundamentalista e está inseguro sobre suas analises. Acompanhando os relatórios e videos da área de membros é possível aprender o método utilizado e criar suas próprias analises. 


Para saber mais sobre esse serviço basta clicar na imagem abaixo:



Desconto exclusivo
O Daniel disponibilizou um desconto agressivo para visitantes desse blog que efetuarem a assinatura anual do serviço Gold. Para ter acesso desconto clique AQUI